O delicioso mundo gourmet ganha espaço em Maringá

  • 31 de agosto de 2013
  • Blog
No Comments

Os produtos gourmet ganham cada vez mais espaço entre os maringaenses. A qualidade dos ingredientes – definida pela matéria-prima, pelo armazenamento e pelo transporte até o consumidor final – torna peculiar a experiência de saborear um alimento dessa linha. Especialistas dizem, inclusive, que é um caminho sem volta: a cada experiência gastronômica, os apreciadores se tornam mais e mais exigentes.

Segundo o professor de Gastronomia do Centro Universitário Cesumar (Unicesumar) Mario Henrique Scheidt, a tendência dos alimentos e das bebidas gourmet chegou há pouco tempo em Maringá. Ele explica que esses produtos são caracterizados por matéria-prima rara e de bom gosto. “Aliado a isso, chefs e sommeliers utilizam sua técnica e conhecimento sobre os ingredientes para harmonizar cada detalhe e tornar o sabor daquele produto único.”

Experiência pessoal foi chave para explorar mercado em ascensão

Para chegar ao sabor perfeito, são dedicadas horas e mais horas em experiências gastronômicas. A produtora de brigadeiros gourmet Letícia Singer conta que, a partir de cursos especializados, livros, blogs e programas de TV de chefs conceituados, chegou à própria receita do quitute. Até então e de forma caseira, ela conta que produzia o doce com barras de chocolate.

“Em um curso em São Paulo, descobri que até mesmo o melhor chocolate brasileiro tinha gordura hidrogenada na composição, para resistir ao calor típico do país. Então, para melhorar a qualidade do brigadeiro, tinha de investir em um chocolate puro e com uma porcentagem grande de cacau. A gente só encontra isso nos produtos importados”, lembra.

A substituição deu certo e os brigadeiros feitos despretensiosamente para as festas da família e dos amigos logo se tornaram a principal atividade econômica da publicitária de formação. “Um dia, fiz um pouco mais que o normal e coloquei as fotos no meu Facebook. Em poucas horas, já tinha vendido cerca de 40 caixinhas cheias de brigadeiro.”

Por conta do sucesso, há seis meses Letícia deixou o cargo de redatora publicitária e garante que, hoje, tem renda equivalente ao salário de seu antigo emprego.

A própria experiência gastronômica também levou Clério Dallazen Júnior a se especializar na bebida alcoólica mais popular do Brasil: a cerveja. Segundo ele, em um jantar para a esposa, há cerca de dois anos, resolveu surpreender e comprar uma cerveja importada. “Inicialmente, fui atraído pela embalagem, mas, como na época não tinha um conhecimento específico, confesso que não gostei da bebida.”

Motivado em entender por que aquela cerveja era especial, Júnior buscou informações em sites e lojas especializadas durante viagens. O interesse aumentou até ele ver na escassez de produtos gourmet em Maringá uma oportunidade de abrir o próprio negócio: uma loja de cervejas especiais. Depois disso, fez cursos especializados e se tornou sommelier de cervejas.

“Com o tempo, aprendi que cada ingrediente tem um porquê. Isso mudou tanto a minha maneira de apreciar a bebida que aquela cerveja que não gostei no jantar com a minha esposa é, hoje, uma das minhas preferidas.”

A educação do paladar é um dos principais benefícios proporcionados pelo produto gourmet, segundo o sommelier. Algumas cervejas, como as alemãs e belgas, que, tradicionalmente, são mais encorpadas, costumam assustar o paladar do brasileiro em um primeiro momento, por exemplo. “Por isso, quando um cliente chega à loja interessado em aprender, costumo apresentar primeiro as cervejas pielsens, cujo sabor é mais próximo ao das cervejas comerciais do Brasil.”

Tanto Letícia Singer quanto Clério Dallazen Júnior também dizem que é cada vez maior o número de interessados pelos produtos gourmet em Maringá. “De forma geral, as pessoas entendem que um produto com ingredientes melhores tem um custo maior. Não acredito que haja resistência quanto a isso”, afirma Letícia.

Júnior defende que, mais do que comprar um produto, as pessoas já entendem que estão comprando um conceito, uma experiência. “O que vejo é que a pessoa decide pagar um preço alto por uma garrafa [de cerveja], que pode chegar até R$ 200, mas em troca sabe que tem garantido o prazer na hora de degustar. Aquela velha história, beba menos, mas beba melhor.”

Por: Tatiane Salvatico
Fonte: Gazeta Maringá

This is author biographical info, that can be used to tell more about you, your iterests, background and experience. You can change it on Admin > Users > Your Profile > Biographical Info page."

About us and this blog

We are a full service agency that deliver compelling digital marketing solution. Our winning solutions and experience helps to deliver great results across several key areas.

Request a free quote

We offers professional SEO services that help websites increase organic search drastically and compete for 1st page rankings of highly competitive keywords.

20+

sidebar widgets

More from our blog

See all posts
No Comments