CPI do Pedágio realiza audiência pública em Maringá

  • 17 de outubro de 2013
  • Blog
No Comments

Maringá recebe, nesta quinta-feira (17), audiência pública da CPI do Pedágio. Criada pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), a comissão investiga os contratos e a falta de obras nas rodovias pedagiadas do Estado. A reunião está marcada para as 17 horas na Câmara de Vereadores.

Segundo o presidente da CPI, Nelson Luersen (PDT), a interiorização do trabalho busca coletar as reivindicações e sugestões da sociedade para a melhoria das rodovias administradas por concessionárias. Na região de Maringá, os trechos pedagiados são de responsabilidade da Viapar.

“Toda a sociedade precisa se envolver na discussão do pedágio. Somente com o envolvimento social é que realmente vamos conseguir modificar alguma coisa neste Estado. A população precisa estar sempre presente nas discussões das grandes aflições sociais”, disse o parlamentar, em nota encaminhada para a imprensa.

A audiência deve contar com a presença de entidades de classe, sindicatos, movimentos populares, lideranças políticas e representantes dos Ministérios Públicos Federal e Estadual. Os deputados também farão uma reunião semelhante na Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), marcada para as 9 horas desta quinta.

A CPI do Pedágio já realizou audiências públicas em Jacarezinho, Cascavel e Foz do Iguaçu. Até novembro, também deverão ser ouvidas as comunidades das regiões de Paranavaí, Campo Mourão, Ponta Grossa e Guarapuava.

Estradas pedagiadas no PR poderão ter monitoramento eletrônico em 150 dias

O diretor-presidente da Agência Reguladora do Paraná (Agepar) Antônio José Correia Ribas foi ouvido pelos membros da CPI dos Pedágios na manhã de terça-feira (15), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Segundo informou o deputado Nelson Luersen (PDT), que preside a comissão, Ribas foi o único a prestar depoimento na reunião. O ex-diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Rogério Tizzot, também seria ouvido, mas não compareceu porque estaria em viagem.

Conforme relatou Luersen, o diretor da Agepar comentou sobre os trabalhos do órgão nas rodovias do Paraná. Entre eles está a implantação de sistemas eletrônicos de monitoramento do tráfego de veículos nos trechos administrados por concessionárias, o que, conforme a agência, vai gerar informações para o planejamento e projetos futuros. O sistema deverá ser instalado em, no máximo, 150 dias.

Ribas também falou sobre o estudo contratado pela Agepar para avaliar os aspectos financeiros, jurídicos e estruturais dos contratos com as seis concessionárias do sistema estadual. O levantamento é realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Conforme Luersen, outro ponto abordado pelo presidente da agência foram as falhas cometidas pelas concessionárias nos atendimentos aos usuários. Ribas teria dito que todos os atos considerados desrespeitosos serão analisados e poderão ser penalizados. A afirmação foi feita com base na reclamação feita por um motorista, que ficou mais de duas horas sem atendimento após ter problemas com o seu carro particular.

 

Fonte: Gazeta Maringá

This is author biographical info, that can be used to tell more about you, your iterests, background and experience. You can change it on Admin > Users > Your Profile > Biographical Info page."

About us and this blog

We are a full service agency that deliver compelling digital marketing solution. Our winning solutions and experience helps to deliver great results across several key areas.

Request a free quote

We offers professional SEO services that help websites increase organic search drastically and compete for 1st page rankings of highly competitive keywords.

20+

sidebar widgets

More from our blog

See all posts
No Comments