Apenas 57 municípios do estado oferecem internet grátis

  • 2 de setembro de 2013
  • Blog
No Comments

Capaz de mobilizar multidões e considerada um dos pilares da democracia do século 21, a internet é oferecida de forma gratuita em apenas 57 municípios paranaenses – 14% do total. No país inteiro, essa conta também não é diferente. Das 5.565 cidades brasileiras, 13% oferecem acesso livre à rede mundial de computadores (744). Para avançar na inclusão digital, o governo federal promete investir R$ 100 milhões no programa “Cidades Digitais”, que prevê a implantação de infraestruturas de conexão de rede em cidades com até 50 mil habitantes.

O Nordeste é a região do país que apresenta o menor porcentual de cidades que disponibilizam Wi-Fi gratuito à população, com o Sergipe na última colocação entre os estados do país em oferta desse tipo de serviço. Os dados são do IBGE e foram divulgados no último mês de junho dentro do relatório Perfil dos Municípios Brasileiros 2012.

Apesar de ser uma demanda relativamente nova da população, o acesso livre à internet é defendido por quem já vive essa realidade. “O acesso livre à internet é uma forma de estimular a informação e a educação”, diz o empresário Marcos José Silva, que mora em Piraquara há quatro anos e usa a rede “Piraquara Digital” desde o seu lançamento, em outubro de 2011.

O município da região metropolitana de Curitiba é um dos 57 com pontos de Wi-Fi livre no estado e conta com 15 antenas, que cobrem 74% do seu território. Para aumentar essa área, porém, a atual gestão da prefeitura planeja instalar mais cinco. A ideia é que as pessoas usem a rede não só em espaços públicos, mas também em suas casas.

“Temos uma média diária de 2,5 mil acessos. Para facilitar a conexão, fizemos uma cartilha e vamos criar um serviço de 0800 para tirar dúvidas”, afirma o diretor de tecnologia da informação do município, Carlos Augusto dos Santos. O acesso é gratuito, mas, para se conectar, o munícipe precisa estar em dia com o pagamento do IPTU.

Para seguir o exemplo de Piraquara, Bandeirantes, Santa Cecília do Pavão, Ibiporã, Assis Chateaubriand, Toledo, São Miguel do Iguaçu, Palmas e Quatro Barras tiveram projetos selecionados na primeira chamada do Cidades Digitais. Além delas, outras 72 cidades do país foram relacionadas para receber os R$ 46 milhões iniciais da ação. Essa lista, porém, deverá crescer. Isso porque o programa entrou no leque das intervenções do PAC, atraindo ainda mais municípios e recursos. Na segunda chamada do programa, o Ministério das Comunicações já recebeu 1.901 inscrições (167 do Paraná). Os projetos, porém, ainda não foram selecionados.


Piraquara

Conexão “banda média” não afasta usuários

Apesar de ser considerada lenta para os padrões ofertados pelo mercado, a taxa de 512 KB prometida pelo programa “Piraquara Digital” não desagrada aos moradores. “Fiz o meu cadastro e vou comprar uma antena para melhorar o sinal. Se der certo, vou cancelar meu pacote com a operadora”, afirma a coordenadora de franquias Mariana Ranchuka.

Já Alan Cris Lessa de Morais não pretende se desfazer dos 10 MB que assinou com uma operadora de telefonia, mas diz que a velocidade oferecida pela prefeitura é suficiente para a demanda de muitos dos clientes que frequentam a lan house que ele administra.

Fone: Gazeta Maringá

This is author biographical info, that can be used to tell more about you, your iterests, background and experience. You can change it on Admin > Users > Your Profile > Biographical Info page."

About us and this blog

We are a full service agency that deliver compelling digital marketing solution. Our winning solutions and experience helps to deliver great results across several key areas.

Request a free quote

We offers professional SEO services that help websites increase organic search drastically and compete for 1st page rankings of highly competitive keywords.

20+

sidebar widgets

More from our blog

See all posts
No Comments